Posted by : CanasOminous Sep 7, 2013

 
Diga aí, galera! Trazendo uma matéria especial voltada para a área de Design de Games no blog, procurei fazer uma entrevista com um professor que conheço, o Ricardo Sobrinho, para sabermos um pouco mais sobre como funciona essa área tão crescente no mercado, e se realmente é preciso "só" gostar de vídeo games para poder tornar-se um bom profissional no futuro.

Logo abaixo você confere a entrevista e as respostas dadas pelo Ricardo!

O que te incentivou a seguir essa área?

R: Bom o que me incentivou foi o fato de que eu gosto bastante de jogar, claro que com o tempo você percebe que não é porque gosta de jogar que vai ser bom na área, mas foi um grande incentivo.

Quais foram as maiores dificuldades/obstáculos que você passou na área de Design de Games, que não tinha tanta repercussão há alguns anos?

R: Quando comecei eu tinha 16 anos, a maior dificuldade foi convencer minha mãe de que isso seria uma profissão e não um hobby. 

Quais são as qualificações que um designer de games precisa ter?

R: Bom acredito que essa resposta seja mais pessoal do que profissional. Acredito que um bom profissional na área tem que ter uma mente bem aberta, saber ver, ler, ouvir de tudo. Isso ajuda bastante a criatividade, o que é um ponto essencial nessa área. Outra coisa que acho fundamental é ter força de vontade, trabalhar nessa área exige muito da pessoa, por mais que o mercado nacional esteja crescendo bastante, ainda não é fácil achar um trabalho, e quando se acha ainda precisa ter uma certa dedicação.

É uma área fácil? O que você diria para as pessoas novas que pretendem ingressar no mercado de Games, ou até mesmo para aqueles que ainda querem tentar ver se levam jeito nela?

R: Não é uma área fácil mas também não é uma área tão complexa. Como disse antes o que ajuda bastante é a dedicação.
E para a galera que estiver interessada em ingressar acredito que o que mais ajuda é ter uma experiência profissional, procurem cursos e tentem se informar sobre isso. Comecem a ler matérias sobre jogos, mas não matérias com análises simples e sim matérias mais profissionais, que vão analisar o jogo em geral e não só aquela questão de gráficos, replay, etc

O que você enxerga da área dos games daqui há dez anos?

R: Cada ano que passa podemos ver o quanto os jogos estão evoluindo, não só graficamente. Ano passado tivemos um impacto bem grande com os jogos indies. Outra coisa que podemos perceber de um tempo para cá é a imersão que os jogos estão proporcionando, as pessoas estão se envolvendo mais com o personagem e a história, podemos ver isso com a nova Lara Croft, e a Elizabeth de Bioshock Infinite.
E claro, a forma como as jogabilidades e mecânicas estão mudando, desde a inovação dos controles até algumas pequenas mudanças em velhos estilos de jogos.

Você tem alguma mensagem para os fãs de Pokémon?

R: Gotta catch em all!

{ 3 comments... read them below or Comment }

  1. Cara, deve ser incrível ver um jogo nascer, se desenvolver, participar da criação, do aperfeiçoamento dos gráficos, e da jogabilidade, criar uma história e um mundo completamente novo, mas, eu quero ser é um engenheiro químico já estou até estudando pra isso.:)
    De:Firewall

    ReplyDelete
  2. Cara, tem uma "Saga" até perto de casa... E eu já fui até lá por sugestão da escola. E... Só te digo uma coisa: SER. POBRE. MACHUCA. ;-;

    Foi entre quatrocentos e seiscentos contos. NÃO DAVA. ;-;

    MAS ENFIM! Se eu não virar escritora (Ou em um futuro absurdo, jogadora de futebol :P) eu QUERO trabalhar com games, que acho que sempre foi minha paixão. Comecei com The Sims 2 e RollerCoaster Tycoon 2... Nostálgico.

    MAS ESSE TRABALHO PARECE SER MUITO LEGAL! *-*

    Mas admito também que convencer as mamães também não parece ser nada fácil XD

    Gotta catch em all! ESSE SEMPRE FOI MEU LEMA, E NUNCA DEIXARÁ DE SER Ù_Ú/

    SAYO~!

    ReplyDelete
  3. Eae Canas, blz? Cara, não é segredo nenhum que pretendo seguir meu rumo como um GameDesigner,neh? Sei lá, queria desde pequeno trabalha nessa área, mas onde eu morava antes era uma cidadezinha perdida no mapa e até eu mesmo tinha conhecimento nenhum sobre isso, apenas a vontade mesmo. Mas depois de voltar pra minha cidade natal(minha vida se baseia em muitas mudanças e lugares diferentes kk) pude me aprofundar e ter uma noção do que esse mundo é e também que é realmente o que quero. Bom, vamos tentar neh. Ainda tem muito chão pela frente! Flw, até mais!

    ReplyDelete

- Copyright © 2011-2017 Aventuras em Sinnoh - Escrito por Canas Ominous (Nícolas) - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -