Archive for March 2014

Novo Template - Sinnoh 2.0


Mudanças são necessárias para trazer novos ares ao ambiente, e embora muitos não se deem bem com elas, são inevitáveis. Depois de algumas conversas com a galera da equipe, estive tratando sobre a possibilidade de alterar o nosso template que já datava desde Maio de 2012. Aquela simples e adorável aparência acompanhou-nos e serviu-nos como pôde, até onde aguentava, e agora, vai deixar muitas lembranças. Eu mesmo demorei para aceitar a ideia de mudar, mas percebi que era necessário. Havia chegado a hora. Assim como o primeiro e tantos outros templates que tivemos, eles entram para o Hall da Fama! Renomados ou desconhecidos, alguns que nem temos imagens para recordar. (Nossa, eu falo como se datasse de muito antes de inventarem a fotografia!)

Mas a questão é que hoje estou aqui para falar sobre as melhorias e também o que está para vir nessa Aliança Aventuras de 2014 que está sendo construída. Atualmente contamos com a minha participação em Sinnoh, a do Shadow Zangoose em Hoenn e do Haos Cyndaquil em Kalos. Alguns estão ausentes, como a Zyky e a Marina, de Oblivia e Johto. Estivemos procurando os novos membros que preencherão o espaço que faltavam nas demais regiões, e espero que essa nova fase sirva como o empurrão necessário para todos voltarem a ter pelo menos um pouco do brilho nos olhos que os motivava a manter-se na ativa.

Muita coisa irá mudar daqui para frente, e ainda temos muito a se fazer. As imagens dos slides serão alteradas, novos menus serão adicionados, novas mecânicas de navegação e toda uma interface. Iremos aprender a conviver com este template juntos. Nós, e vocês, leitores. Este é um projeto que será perceptível com o tempo, e espero sinceramente contar com a participação de cada um nesse período.

O que vem por aí?
  • Novos Assuntos: A maior novidade aqui será que a Aliança Aventuras não falará mais apenas sobre Pokémon. Cada membro está selecionado alguns gêneros em especial que serão de sua especialidade, como jogos, livros, filmes, seriados, música, cada qual com sua devida especialidade; 
  • Central Aliança: Uma ideia antiga sempre foi unificar todas as regiões como uma. Se fizéssemos isso, haveria um blog a mais para ser cuidado, e acabaríamos perdendo o foco em todos os demais, contribuindo para uma falha completa. Decidimos agora criar uma página em comum em cada região como forma de unificar os temas que serão falados e que vocês poderão conferir nos próximos meses. Agora, iremos nos tornar um portal sobre todo o tipo de informações e curiosidades, e não apenas remoer-se à procura das notícias de sempre;
  • A Coletânea de Temas: A área da coletânea é onde cada integrante terá a sua página específica sobre os mais diversos temas.Você acabará por dirigir-se àquele blog que tem os temas que mais lhe agradam e se identificam, enquanto continua acompanhando as notícias de sua região será possível aprender muito mais;
  • Sidebar: A sidebar no topo do blog será a parte mais importante, onde você poderá acessar tudo. O menu ficará ao lado temporariamente, mas para acessar as informações (que serão muitas) e não sobrecarregar o menu lateral, estaremos fazendo um melhor uso dessa parte;
  • Related Posts e + Lidas da Semana: Duas áreas novas muito interessantes, elas permitem acessar postagens relacionadas ao que você está lendo e também conferir o que a galera está mais clicando ultimamente. Tudo para melhorar a sua navegação no blog;
  • Respostas de Respostas: Adivinhem quem voltou? A opção de responder comentários está de volta! Antigamente fazíamos muito o uso dela, permitindo que cada leitor recebesse a atenção e assistência que precisasse. Sintam-se livres para utilizá-la, porque nós, os autores dos blogs, certamente iremos.
Esse template nos serviu durante 2 anos, e vai deixar saudades!

Estaremos aos poucos realizando as devidas alterações em cada região, mas é um processo que levará tempo. Conto com a compreensão de vocês, caros leitores, e continuem de olho nas novidades que não irão parar! Vamos respirar novos ares, novos aromas, e que possamos continuar colhendo os melhores frutos em 2014!

Tirinha #18 - O Escritor Malvado


Interessante. Parece-me que essa história é baseada em fatos reais.
Ou não.
(Ou siiiiiiim. kkkkkkkkkkkkkkk Gollum, gollum.)

Enviado pelo: Texugo Asiático das Montanhas a.k.a. Canas Ominous
Tags randômicas: a história do escritor malvado, patrick, bob esponja, o mexilhão feio, preparando-se psicologicamente para o pior, prevejo pessoas jogando perdas, partiu, nepal, fui.

Notas do Autor (Capítulo 94.1)

Devo tantas explicações à vocês que fica difícil saber por onde começar. Peço desculpas também pelas notas longas, mas acreditem, será necessário. Desde o começo do ano estivemos nesse preparo, recuperando-se da Liga Pokémon, trabalhando no último arco da fanfiction que, inevitavelmente, uma hora chegaria. E a hora é agora!

Se vocês procuravam uma explicação para essa longa demora, então aqui está a resposta. A batalha contra a Elite dos 4 não se dará somente através de lutas normais, iniciei um projeto com a Nyx de trabalharmos em uma espécie de mangá, ilustrando as principais cenas e levando ao máximo a expectativa e sensação do que é ler uma fanfiction de Pokémon. No fim das contas, Luke Wallers é apenas uma das peças que desencadeiam toda essa história. A Fire Tales, retratada pela essência dos Pokémons, são os que devem brilhar. Meu intuito é fazer com que esse arco supere até mesmo o dos Clones e a Ilha de Ferro, que muitos acreditavam ser o melhor de Sinnoh.

Não esperem que os capítulos saiam todas as sextas. Agora vocês entendem o motivo dessa demora, porque além de escrever e planejar tudo, estaremos ilustrando. Vocês podem perceber com o capítulo de hoje que estamos dando nosso melhor em cada cena, então tudo que posso pedir por enquanto é paciência. Para concluirmos esta história que parecia jamais poder chegar ao fim, nós, da equipe, lhes forneceremos somente o melhor.

A Elite: Onde as Regras Não Têm Vez

Durante este último arco vocês irão se deparar com um contexto muito mais maduro e que, de fato, se assemelha com o tema proposto: Uma Guerra. Quem nunca sentiu aquele arrepio quando enfrentou a Elite pela primeira vez quando era só uma criança? Cara, quando meus Pokémons eram derrotados eu sentia como se me deparasse com a morte... Aqui entramos em uma curiosa questão: Será que os Pokémons morrem? Este é um assunto complexo. Quando um Pokémon é derrotado nos games, ele fica no estado "FAINTED", que traduzido significa nocauteado. Basta levar ao Centro Pokémon, e pronto. Está novinho em folha. Eu não pretendo mudar a essência que comecei desde os primeiros capítulos, mas preparem-se para acompanhar algo novo.

Digo apenas que nas cenas dos próximos capítulos veremos batalhas que irão além do que vocês imaginam. No fim da história, será que nossos Pokémons realmente irão morrer? A resposta é: Não, claro que não. Sou daqueles autores que ficam frustrados quando o personagem do livro que gosta morre, e quando a Elite terminar provavelmente o Luke vai levá-los ao Centro Pokémon, e pronto. Novinhos em folha.

Mas nada me impede de brincar um pouco com o sentimento de vocês até lá. *risada maléfica* Preparem-se para o inesperado,  usem a mente de vocês como precisarem, e estejam prontos para o pior. Sintam a mesma coisa que sentiram quando enfrentaram a Elite dos 4 e o Campeão pela primeira vez quando eram crianças. Nossos Pokémons serão vencedores!

Galeria do Mangá

Eu gostaria de deixar um agradecimento especial à Nyx, que foi a minha companheira nestes últimos meses e me aguentou tendo tantas ideias, filtrando as melhores, e trabalhando incansavelmente nesse projeto para torná-lo impecável. Ela é a responsável por todas as ilustrações do Mangá.

Se devemos um agradecimento especial neste lançamento, então é à ela. A Nyx estará nos acompanhando este arco inteiro, e todos os capítulos contarão com suas obras. Pedi inclusive para que ela deixasse uma mensagem para nós, e vocês podem conferi-la logo abaixo. Essa Jade de cabelo amarrado não ficou uma gracinha?



Acessem o capítulo, deliciem-se com as imagens, comecem a preparar-se psicologicamente porque esse arco será incrível. Compartilhem, contem para os companheiros que também curtem a série Pokémon, e vamos fazer o possível para este projeto repercutir o máximo que puder antes do final!

Capítulo 94 (Parte 1)

Ilustrações feitas por Nyx.

O corredor vazio conservava-se silencioso. Ecoavam distantes os sons de gritos e aplausos da plateia eufórica que já podia ser ouvida em algum lugar distante. Não sabia exatamente onde, mas ao fechar os olhos podia imaginar. Estava ansioso para começar, e dessa vez só precisava abri-los para estar lá.
Até aquele momento, sua jornada havia sido feita repleta de boas companhias. Seu irmão, seus amigos, família, rivais, e até mesmo fãs e admiradores. Mas, a partir dali, teria de confiar em suas próprias habilidades e na de seus Pokémons.
Luke encarava sério a imensa porta de metal em sua frente. Havia derrotado todos os seus adversários na Liga Pokémon e garantido o posto como vencedor da competição. Encontrou-se pensando em cada etapa de sua vida nos últimos anos, como quando derrotara Roark na cidade de Oreburgh, um dos jovens líderes de ginásio que mais tarde viriam a tornar-se um de seus melhores amigos. Esperava que ele estivesse lá assistindo, e gostaria de poder agradecer pessoalmente cada um que tirara algumas horinhas de seu dia só para ir vê-lo.
Imaginava se os outros líderes também estariam lá. Cheryl e Gardernia; Maylene e seu segurança Gerard; Wake e sua maravilhosa filha, Marine, será que algum dia ela iria perdoá-lo? Byron, Candice, Volkner... Seus pais também estariam ali? Era claro que estavam, não perderiam aquilo por nada. O mundo não perderia. Era um evento histórico de vital importância em sua vida para ser deixado de lado.
Seus dedos se mexiam a todo instante, fechando o punho ocasionalmente num movimento eufórico que continha seus músculos. Todo seu corpo pulsava, ele suava antes mesmo de começar. Sua mente pensava em tudo que ainda iria passar, e se de fato conseguiria sair inteiro dela.
Luke levou a mão ao bolso com o intuito de procurar seu estojo de insígnias que revelavam todas aquelas lembranças, porém, notou que o acessório não estava ali.
— Maldição, eu jurava que tinha deixado aqui...
O rapaz virou-se e olhou para seu Garchomp que fingia disfarçar. Luke virou-se para ele e deu um soco leve no ombro do dragão, sorrindo na sequência.
— Tá certo, companheiro. Decidiu voltar a guardá-las como fazia antigamente? — disse o jovem treinador com uma risada. —  Está na hora delas voltarem a ficar comigo. Devolve.
O dragão abriu a boca repleta de dentes e Luke observou seu estojo ali dentro, todo cheio de baba, mas ao menos suas insígnias estavam intactas. Todas brilhando.
— Puxa, obrigado — Luke respondeu irônico, recuperando seu objeto ainda que com um pouco de receio. — Sabe como é, eu queria ver essas insígnias só porque elas me dão segurança. É engraçado pensar como não servem para mais nada agora que sou o vencedor da Liga, elas não passam de... um monte de broches coloridos.
O rapaz segurou a insígnia do farol, recebida de Volkner, e por um instante todo o vislumbre daquela batalha passou por sua mente. Luke suspirou, sentindo em seu coração um acolhimento reconfortante.
— Será que um dia alguém vai se lembrar da minha história? — Encontrou-se rindo ao pensar. — São tantas aventuras que eu acho que deveriam escrever um livro sobre a minha vida, já estou até imaginando o título da minha autobiografia.
O dragão praticamente o ignorava quando pôde ouvir:
— E a propósito, eu te contei que encontrei a Titânia ontem, depois dos nossos treinos?
Agora o Garchomp o observou, interessado.
— Pois é, ela disse que estará nos esperando lá em cima, então vamos dar o nosso melhor para encontra-la e não desapontá-la em momento algum.
Um sinal soou pelos corredores vazios, e Luke viu uma lâmpada em sua frente mudar de cor para um tom azulado. Era o sinal de que ele poderia finalmente entrar.
Os dois respiraram fundo.
— Preparado? — Luke estalou os dedos.
O dragão rugiu e preparou suas garras como se fossem lâminas.
A porta de metal abriu-se, revelando ali um elevador sem paredes e com luzes que piscavam no chão. Luke e seu Garchomp deram o primeiro passo, mas se assustaram ao vê-lo subir tão depressa. Aparentemente o evento seria realizado em um lugar muito alto, talvez o pico do castelo mais esplendoroso da ilha da Elite, esperando que o desafiante chegasse depois de seu devido preparo.
Os dois mais uma vez trocaram olhares, mas nenhum deles disse nada. Nem precisavam.
Conforme a velocidade foi diminuindo, os gritos aumentavam. Luke respirou fundo e olhou para cima. Fechou o punho. Ergueu o braço para o alto e sorriu mais uma vez ao imaginar que as pessoas logo estariam gritando o seu nome. Nunca se cansaria daquilo.
Sentia-se como se estivesse no topo do mundo, e certamente estava. Muito além de onde o céu alcançava, e até mesmo do que as demais pessoas acreditavam que ele chegaria.
— Está na hora de nos tornarmos campeões.

O elevador parou e anunciou a sua chegada. Todos o aplaudiram e os narradores fizeram as devidas apresentações, mas Luke fervilhava de ansiedade para começar logo tudo aquilo. O local estava tão cheio que ele mal conseguiu encontrar seus amigos, nenhum deles. Queria ter encontrado Lukas para agradecer por todo o apoio do irmão, ou até mesmo Dawn só para olhá-la bem fundo nos olhos e dizer algumas coisas que estavam guardadas, mas não havia sinal deles.
Imaginou por um instante se todas aquelas pessoas estavam ali só para vê-lo cair. Será que estavam ansiosas por mais um showzinho da Elite? Queriam ver humanos e Pokémons se destruírem até que somente um ficasse de pé, ou talvez ali por laços familiares, quem sabe por simplesmente não terem o que fazer? De qualquer maneira, ali estavam, e queriam o seu espetáculo.
— Então, vamos dar um espetáculo à elas.
Enquanto os narradores faziam as devidas aparições, a mente de Luke continuou distante e completamente perdida do assunto. Ouviu seu nome ser repetido um monte de vezes, mas não estava a fim de ouvir a mesma baboseira de sempre. Queria mesmo era saber onde estariam seus oponentes. A Elite dos 4 se preparava para defender o campeão, Ike Smithsonian.
Seu Garchomp fez um grunhido baixo, e o rapaz o olhou.
— Ele está chegando, não é?
O narrador fez o primeiro anúncio, e o rosto de um rapaz apareceu nos telões do estágio. As arquibancadas vibraram, e o protetor da primeira casa surgiu vestindo suas roupas em tons púrpuros, chapéu na mão e microfone na outra.
— Eu sou Theo, especialista em Pokémons Poison-type. Sou o membro mais recente de nossa Elite, e serei o defensor da Primeira Casa nesta disputa.
Luke acenou com a cabeça, fazendo um cumprimento.
Sem dizer-lhe mais nada, seu Garchomp fez um rugido tão alto que toda a Liga estremeceu.
Fogos de artifício foram liberados dando início ao espetáculo de cores e luzes. A lua estava a pico no céu, indicando que aquela noite seria inesquecível. Não sabia direito o que pensar, mas afinal de contas, pra que deveria? Luke Wallers estava ali para batalhar, e se era um show que a plateia pedia, então teriam a honra de testemunhar o melhor deles. 

Como você conheceu o Aventuras em Sinnoh?

Em um dia trivial desses, a Litos conversou comigo sobre os primeiros dias de Sinnoh. Muito tempo se passou desde que a fanfiction foi criada até a data em que o blog tomou vida, e agora, caminhamos rumo à reta final. Uma curiosa pergunta ficou no ar: Como será que os leitores vieram a conhecer o site?

Conheço histórias perdidas de alguns dos mais antigos de vocês, mas geralmente não sei nada dos leitores fantasmas ou daqueles que comentavam de uma maneira simples e singela. Uma vez que estamos nos últimos momentos de Sinnoh, decidi abrir essa postagem para que vocês possam compartilhar como foi que chegaram ao blog. Foi por meio de recomendação de algum amigo? Foi por parcerias de grandes blogs de Pokémon? Talvez pesquisando sobre um líder de ginásio quando se esbarrou em alguma imagem dos personagens daqui e se perguntou: O que é isso? Foi por meio de outras regiões da Aliança Aventuras, ou você nem lembra mais?

CONTE-NOS A SUA HISTÓRIA!

Sinnoh eBook


eBook é uma abreviação para “electronic book”, ou livro eletrônico: Trata-se de uma obra com o mesmo conteúdo da versão impressa, com a exceção de ser, por óbvio, uma mídia digital.

Se você consegue estabelecer a diferença entre uma carta e um e-mail, certamente sabe, por analogia, que livros e e-books se encaixam no mesmo conceito. Portabilidade é uma de suas principais características, há também uma significante melhora na facilidade de transporte, preços, guardar diversos livros em um único dispositivo, aumentar o tamanho da fonte do texto ou até mesmo a capacidade de ler no escuro, no conforto de sua cama antes de dormir. Os livros impressos sempre terão todo aquele conceito da tradição, e há aqueles que não os trocam por nada. 

Então, qual exatamente é a utilidade em ter uma fanfiction que já era disponível digitalmente para download? Aqui você confere a nossa pequena galeria com o conteúdo do Aventuras em Sinnoh caso você esteja sem internet ou deseje facilitar o transporte da leitura de uma maneira diferente, visando uma melhor organização do projeto como um todo para aqueles que desejarem tê-lo em sua própria estante eletrônica, ou quem sabe até imprimi-lo num futuro não muito distante?


Idioma: Português/Brasil
Número de Páginas: 379 p.
Tamanho: 4,6 mb
Formato: .pdf
Revisado: Não
Download Versão 1.0 - Projeto Teste
Não inclui Extras, Especiais ou Notas do Autor



Idioma: Português/Brasil
Número de Páginas: 359 p.
Tamanho: 5,76 mb
Formato: .pdf
Revisado: Não
Download Versão 1.0 - Projeto Teste
Não inclui Extras, Especiais ou Notas do Autor



Idioma: Português/Brasil
Número de Páginas: 293 p.
Tamanho: 4,98 mb
Formato: .pdf
Revisado: Não
Download Versão 1.0 - Projeto Teste
Não inclui Extras, Especiais ou Notas do Autor



Idioma: Português/Brasil
Número de Páginas: 366 p.
Tamanho: 8,48 mb
Formato: .pdf
Revisado: Não
Download Versão 1.0 - Projeto Teste
Não inclui Extras, Especiais ou Notas do Autor



Idioma: Português/Brasil
Número de Páginas: 119 p.
Tamanho: 1,14mb
Formato: .pdf
Revisado: Sim
Download Versão 1.0 - Versão Definitiva



https://www.fanfiction.com.br/historia/82933/Ghost_Curse

Idioma: Português/Brasil
Número de Capítulos: 9
Disponibilização: Nyah! Fanfiction
Finalizado: 24 de Setembro, 2010




Idioma: Português/Brasil
Número de Capítulos: 20
Disponibilização: Nyah! Fanfiction
Finalizado: 24 de Junho, 2011

FanArt - Rafael Marques #5


Preview - Saga Platina - Elite 4

Nome
Rafael
Idade
10 anos
Estado
: São Paulo

Técnica
: Montagem e Paint

Entrando no embalo dessa semana de preparos do último arco, o Rafael Marques nos enviou uma montagem muito bacana como prévia das batalhas contra a Elite dos 4! Reunindo os melhores componentes da equipe do Luke, só nos resta torcer para que esse jovem treinador possa alcançar a vitória. Achei muito bacana você utilizar os sprites dos Pokémons da 6° Geração, já dá pra imaginar como seria bacana montar uma equipe inteira com eles nos games! E não se esqueçam, sexta-feira estamos aí com o lançamento da primeira parte do Capítulo 94, a data está chegando cada vez mais perto, fiquem de olho.

Teaser #3 - Arco Final

Com esta imagem, completamos a nossa última prévia antes de iniciarmos o arco final do Aventuras em Sinnoh. Todas elas foram desenhadas e pintadas pela Nyx, nossa companheira da equipe, e na semana que vem vocês conferem uma surpresa com o início da primeira parte da batalha de Luke Wallers contra a Elite dos 4. Estejam preparados.

A GUERRA VAI COMEÇAR.



Tirinha #17 - Vestiário Feminino

Regra N° 78 das Mulheres: O que acontece no banheiro feminino,
fica no banheiro feminino.

Desenho feito por nossa companheira: Nyx
Tags randômicas: aerus, mikau, general, até na forma feminina esses dois continuam brigando, taqueopariu,  o dos outros sempre parecem maiores, pelo menos assim a luta fica mais interessante, invejas everywhere kk.

FanArt - Rafael Marques #4


Luke Wallers Vs Lukas Wallers - 091 (Parte 1)

Nome: Rafael
Idade: 10 anos
Estado: São Paulo
Técnica: Montagem e Paint

"Bom dia leitores de AeS! Como vocês estão?
Bem, aqui é o Rafa(caramba, esse cara só sabe encher a vida dos outros desde o primeiro post), e eu estou trazendo as cenas de batalha(só a primeira parte) da batalha do 91.
Tchau pessoal! Espero que Gostem!"

• • •

Diga ae, Rafael! Pelo visto você está praticamente recontando a história do Aventuras em Sinnoh em um formato de HQ, hein? Olha só, levou em conta até mesmo o HP e o dano causado em cada batalha. Achei muito interessante essa maneira que você utilizou, e provavelmente minha cena preferida foi a primeira com os clássicos sprites: You are Challenged by PKMN Trainer Lukas Wallers! Essa cena ficou para a história. Parabéns pela criatividade, companheiro! Mande o próximo assim que puder.

Vista's Time Machine - Episode 3: Adam's Eve

Support Conversation (Vista x Eva)
Gênero: Comédia;
Tema: Durante muito tempo a evolução de Eva foi assunto
para uma das maiores discussões da fanfiction. 
Alguns leitores se perguntaram: Mas e se ela tivesse evoluído para outra coisa?
Vamos ver o que a máquina do tempo do senhor Vista nos revela...
Sugestão das leitoras: Leeca e Star-chan.


Vista acertava alguns reparos em sua máquina do tempo na oficina, mas agora encontrava certa dificuldade porque a havia destruído mais do que devia na última vez. Não desistira de concertá-la. Marco lia uma revisa em quadrinhos deitado no sofá, e hora ou outra ia buscar alguma ferramenta ou trazer um refresco para o ciborgue que continuava firme em seu projeto.
Wiki bateu a porta com força, Vista nem olhou para trás porque sabia que não era nada bom. A moça suava de desespero e seus olhos arregalados demonstravam que estava irrequieta com alguma coisa que acontecera. Marco encarou-a assustado, mas a mulher não lhe deu nem uma chance de resposta. Ela pulou em seu colo e derrubou-o no chão ficando de quatro sobre o garoto com as mãos em seu rosto e os olhos fixos nele. Wiki agarrou o pobre Mothim e o trouxe para mais perto de si:
— Eu sou uma mulher horrível, não sou? — ela perguntou pesarosamente.
— De onde você tirou essa ideia ridícula, Wiki? Você é tão bonita... — respondeu Marco um pouco encabulado, segurando a revista em seu colo como se ela fosse a única proteção entres os dois.
Wiki agarrou-o e levou-o ao banheiro.
Vista nem se mexeu, continuou ajeitando sua máquina com a chave de fenda, mas comentou em voz alta:
 There are condoms in the bottom drawer — disse completamente indiferente e já acostumado com aqueles surtos.
Wiki jogou Marco em cima do vaso sanitário e sentou-se em seu colo, encarando-o de tal maneira que ele chegou a ficar desconfortável. Os olhos de vidro da mulher tinha um brilho fraco, e suas palavras soaram duvidosas.
Ela o trouxe para mais perto de seus peitos, e seus olhos se perderam no vazio.
— Eu sonhei com algo horrível hoje... — disse Wiki. — Sonhei que eu nunca... iria me casar.
Marco já estava acostumado com as mudanças drásticas na personalidade e o temperamento difícil da mulher, mas ultimamente ela vinha pensando naquilo todos os dias, chorando, sentindo que a idade já chegava e em breve ela poderia ficar para titia.
— Eu não sei o que eu faço, Marquinho... Acho que nunca vou encontrar um cara perfeito para mim.
— Não diga isso, Wiki — ele tentava encontrar uma forma de abraçá-la sem parecer atrevido. Suas mãos tremiam. — Você precisa parar de pensar nessas coisas, ou elas vão te fazer mergulhar em um poço de amargura. Certa vez ouvi dizer que quanto mais a gente procura, mais longe ficamos da pessoa amada. Deixe as coisas acontecerem.

Artbook - Karl & Lyndis


Autor(a): Canas Ominous
Finalizado: 20 de Fevereiro, 2014
Técnica: Pintura Digital
Resolução: 1600 x 1258
Tamanho: 1,12 mb
Descrição: Pokémon Gijinka.
Karl & Lyndis Shipping. Togekiss & Infernape.

FanArt - Vanessa [Star-chan] #11


Beijo ( ou também: Como deixar a Milady louca! rs )

Nome: Vanessa Navegante Forin
Idade: 16 anos
Estado: São Paulo
Técnica: Lápis 4B e Caneta Nanquim 1.0

"Agora eu abusei, mas vamos combinar que eu precisava desenhar isso antes de morrer, sério, ver um beijo de Chaud e Eva em desenho era meu sonho, e eu queria desenhar isso. E esse dia chegou, e aqui está. 
Espero não revoltar alguns, agradar a todos e por favor, em circunstância alguma mostre essa imagem a Milady. Eu tenho apenas 16 anos e tenho muito que viver."

• • •

Louca seria pouco para a Milady, o título deveria ser "Como deixar a Milady FURIOSA!!" *risos*
Poxa, sinto que seu desenho foi como uma mensagem, um pedido para que eu comece a fazer mais casais se beijarem! Admito que até agora muitos poucos tiveram essa proeza durante toda a jornada. (Vocês lembram de algum? Pensei no Mikau e a Milena, o Karl e a Lyndis... É, só. kkk) Eu deveria começar a pensar em mais alguns casais tendo aquela cena caliente que eles merecem, ou quem sabe apenas um tempinho a mais juntos antes do final? Aguente firme, Eva! Sua hora ainda chegará, só cresça mais um pouquinho, rs.

Raramente o Chaud tira a sua máscara também, foi até estranho imaginá-lo sem, parecia que estava faltando algo! kk E no fim das contas, Vanessa, você merece uma medalha por ter conseguido desenhar a armadura dele. Olha que isso não é pra qualquer um, e pra piorar ainda mais, de perfil. Meus sinceros parabéns! kkk Achei que você mandou muito bem com o desenho, seus fanarts dos Fire Tales ultimamente estão incríveis. Eu até traria a própria Milady para fazer alguns comentários, mas... Acho que temos de preservar nossa vida antes de mais nada... *risos* Beijos, Vanessa!

FanArt - Rafael Marques #3

Dawn's Team

Nome: Rafael
Idade: 10 anos
Estado: São Paulo
Técnica: Montagem e Paint

Oi gente! Denovo o Rafa(nossa, mais que cara irritante) *risos* Risos e risos, brincadeiras a parte, eu vim trazer a Equipe da Dawn como um pedido da StarChan, e como o Canas disse, a Fire Tales só está completa quando tem todo o pessoal(e olho que ainda faltam a Wiki/Mozilla, o Magnum, o Mikau, a Milena, a Sophie, o Karl, o Panetto...).
Espero que gostem.

• • •

E para concluir a nossa trilogia de equipes do Rafael Marques, ele agora nos trouxe o grupo da Dawn praticamente completo (ainda me pergunto porque eu a fiz ter 7 Pokémons ao invés do padrão de 6! Okay,  admito que o pobre Sly foi um acidente, rs.) Acho interessante a maneira como os Pokémons dela não combinam com a própria treinadora, no começo era difícil imaginá-la com um Aggron ou um Machamp, e conforme o tempo foi passando a família dela se tornou exclusiva justamente por todas essas pequenas diferenças. Eu me diverti muito com as suas fanarts, Rafael! Você fez um excelente trabalho, espero que ainda apareça por aqui com novas ideias, quem sabe cenas de batalhas? *risos* Abraços aí, companheiro!

Fire Tales 39

UMA FESTA PARA JAMAIS ESQUECER












Seth fora convocado para a sua primeira reunião na Fire Tales. Ao mesmo tempo que carregava consigo a voz da experiência de um guerreiro que já dominara guildas e liderara exércitos em direção à guerra, voltava a sentir-se como um jovem que fazia sua entrevista de emprego pela primeira vez. Estava ali como um guerreiro disposto a aprender com todos os demais, e aquilo de certo o motivava a sentir-se novo a cada instante, vivenciando aquelas experiências que pareciam não lhe pertencer.
Beliel o esperava do lado de fora como se fosse seu segurança, disposto a acompanhar o patrão onde quer que fossem. Ambos haviam combinado de irem juntos àquela reunião tão aguardada, mas só não imaginavam a estranha urgência de Aerus por marcá-la tão tarde.
Ao entrarem no salão central, Seth e Beliel surpreenderam-se quando encontraram toda a guilda ali presente, todos em vestes e trajes elegantes de gala como se estivessem para sair e presenciar uma festa extremamente conceituada.
Watt ajeitava a gravata de Aerus que estava sentado em sua frente. O dragão levantou-se e foi receber seus companheiros que haviam acabado de chegar.
— Preparados? — comentou o dragão com um sorriso singelo.
— Para o quê, exatamente? — Beliel perguntou com cautela.
— Nossa festa, ora! Fim de semana é dia de sair e aproveitar com a galera, justamente por isso reunimos todo mundo, e considerem-se sortudos, pois os convidados foram escolhidos à dedo — disse o dragão com uma risada. — Nossa guilda é tão especial que fomos considerados as celebridades para essa comemoração!
— Pensei tratar-se de uma reunião — respondeu Seth.
— E não deixa de ser, é uma reunião de amigos — Aerus deu uma risada, ajeitando os óculos escuros e a gravata que ainda o sufocava. — Estamos indo para um baile muito louco que fomos convidados. Terá comida e bebida de graça; música, dança e mulheres.
 Women everywhere — Vista balançou a cabeça, contente.
— Beber, cair e levantar — Aerus balançou a cabeça, só de imaginar como seria.
Seth olhou para sua armadura de ouro desgastada, assim como as vestes toda rasgadas de Beliel que nunca fora muito ligado à moda. O loiro levou a mão até a nuca um pouco sem graça, abrindo um sorriso sincero ao admitir:
— Bem, essa notícia nos pegou desprevenidos... Não sei se eu poderia participar.
— Não temos roupas — confirmou Beliel.
— Tá brincando? — Aerus pareceu surpreso. — Se esse é o problema, providenciaremos isso agora mesmo! Hoje a noite é longa, caro Seth. E nós só voltaremos amanhã.
O Dragonite deu um sorriso, olhando para todos ao redor. Por algum motivo sentiu-se ansioso, e aquilo o deixou muito contente.
— É uma sensação nova... Não me lembro de já ter ido à uma festa. É algo que parece estar em minha memória, mas... Por que sinto como se fosse a primeira vez?
— É a primeira vez com seus amigos, e cara, pode ter certeza que será a melhor.

FanArt - Rafael Marques #2


Lukas´s Team - Ep. 91 - Quando os Destinos se Cruzam

Nome: 
Rafael
Idade
: 10 anos
Estado
: São Paulo

Técnica
: Montagem e Paint

"Oi gente! Aqui é o Rafa denovo! Eu vim trazer a equipe do Lukas da batalha do Ep. 91.
Muito obrigado Canas, pelo elogio e muito obrigado Starchan!
Espero que gostem pessoal"

• • •

E aí, Rafael! Acredita que, por algum motivo, eu imaginei que você acabaria trazendo para nós a equipe do Lukas também? *risos* Começo a me perguntar qual dos dois tinha a equipe mais versátil para essa batalha... Tem gente que acha o Lukas um coordenador mais forte do que muitos treinadores por aí, e eu não discordo! A Fire Tales só se completa quando estão todos eles juntos.

Eu também comecei com o projeto de montar toda a Fire Tales em meu mais recente Pokémon Y, e estão todos lá,  deu um trabalhão mas finalmente consegui, mais tarde vou ver se também disponibilizo uma foto para vocês darem uma olhada! Só falta eu começar a treiná-los para deixar todos num nível bacana e com os poderes corretos. Alguém mais também vai tentar essa missão de montar a guilda inteira? Acho que o mais divertido nisso tudo é  não é nem criar a Fire Tales, e sim, conhecer as mais diversas guildas que cada treinador nos apresenta. Aposto que cada um de vocês também tem uma história muito bacana para contar. Valeu pela continuação, Rafael!

- Copyright © 2011-2017 Aventuras em Sinnoh - Escrito por Canas Ominous (Nícolas) - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -