Posted by : CanasOminous Apr 24, 2014

O nome Raflésia é dado comumente às plantas parasitas que pertencem ao gênero Rafflesia e que são da família das rafflesiáceas. Um tipo de planta bem peculiar encontrada em ambientes como as selvas de Samatra, Kalimantan, Bornéu e outras regiões da Indonésia. Também é possível encontrar esse tipo de planta em países como Filipinas, Tailândia e Malásia.

Esse gênero foi descrito pela primeira vez no ano de 1819 por Robert Brown e conta com cerca de 15 a 19 espécies dentre as quais estão algumas que são bem pouco conhecidas e outras que não são vistas há muito tempo e por isso são consideradas extintas.

A Flor da Raflésia

As Raflésias são praticamente compostas somente pela sua flor que é considerada a maior flor do mundo. Essa flor possui um caule reduzido que é apenas um curto segmento e não tem folhas devido ao tamanho que a flor em si possui. O caule dessa flor é um tipo de segmento ramificado que possui uma cúpula basal que faz o suporte da flor.

Uma flor de dimensões gigantescas e que pode chegar a medir quando adulta 60 cm (Rafflesia hasselti) e 106 cm (Rafflesia arnoldii) de diâmetro. O peso dessa planta fica entre 7 kg e 10 kg.

A espécie desse gênero que possui a menor flor de Raflésia tem uma flor de 20 cm de diâmetro. As flores dessas plantas possuem um formato circular e contam com 5 pétalas. Em relação a cor da flor de Raflésia é um tom que vai do rosado ao vermelho vivo e tem manchas brancas.

A Reprodução das Raflésias

Além de a flor de Raflésia ser a maior do mundo tem outra característica bem curiosa, o mau cheiro. Para se reproduzirem as Raflésias emitem um odor fortíssimo de carne podre que ajuda a chamar a atenção dos insetos que são responsáveis por fazer a polinização.

O cheiro ruim fez com que as pessoas que convivem com essas plantas a chamassem de flor-cadáver ou flor-carne. O fruto dessa planta é comido por alguns animais mamíferos da floresta.


A Descoberta da Maior Flor do Mundo

A espécie Rafflesia arnoldii é a que produz a maior flor de todo o mundo, pelo menos dentre as conhecidas. A sua descoberta se deu no ano de 1818 na floresta tropical úmida da Indonésia. Um guia local que estava trabalhando com o coletor botânico Joseph Arnold encontrou a curiosa e enorme flor. O nome Rafflesia é uma homenagem a sir Thomas Stamford Raffles.

Flor de Raflésia – Um Mistério Quase Resolvido

A flor de Raflésia é uma flor instigante e misteriosa, pois apesar de ser conhecida há bastante tempo, desde 1818, ainda representa um mistério para cientistas e botânicos. Para se ter uma ideia faz pouco tempo que parte desse mistério começou a ser desvendado.

Uma flor enorme e que cheira a carne podre é realmente algo que é capaz de intrigar até as pessoas mais desinteressadas por botânica. Os cientistas que realizaram a pesquisa descobriram elos genéticos entre a Raflésia e algumas outras plantas que são bastante conhecidas na Indonésia, Tailândia, Malásia e Filipinas. Os cientistas sempre acharam estranho a forma como ela é parasita e se fixa nos caules das plantas ou raízes das árvores. Um tipo de planta bem fedorenta, a grande questão que fica agora é como essa planta enorme e fedida pode ser “parente” de flores pequeninas e sem odor ruim.

Mais um mistério que os cientistas deverão desvendar ao longo dos próximos anos. A flor da Raflésia parece parte de um cenário de floresta mágica e olhando as suas fotos pode parecer que não é de verdade, mas acredite que ela realmente existe.

Texto retirado do Cultura Mix.

O Vileplume, uma das evoluções finais alternativas de Oddish,
foi desenho baseando-se em uma Raflésia.
Uma flor Raflésia, como visto nos jogos da série Animal Crossing.
Quando sua vila fica abandonada e suja por muito tempo, é possível que nasçam essas flores por aí.

Participe! Deixe um Comentário!

Subscribe to Posts | Subscribe to Comments

- Copyright © 2011-2017 Aventuras em Sinnoh - Escrito por Canas Ominous (Nícolas) - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -